Menu


Músico do bairro lança álbum intitulado Imirim

31 AGO 2017
31 de Agosto de 2017

Vizinhos, vocês já imaginaram o Imirim virando nome de disco, sendo tema de um álbum de músicas inspiradas no que foi vivido em nosso bairro?

 

Encheria a gente de orgulho, não é?

 

Pois pode ficar “se achando” aí, porque isso já está acontecendo.

 

“IMIRIM” é o nome do segundo disco solo do cantor e compositor, Lê Coelho. E o mais legal é que o músico é nascido e criado no Imirim.


Nesse trabalho ele homenageia o bairro (dele e nosso) falando sobre suas lembranças da infância e adolescência, da vida na periferia, seus amigos e amores: “(...) nenhuma teoria supera a música que o Imirim me ensinou, nenhum conceito moral diz mais do que a vida nas suas ruas, não há discussão estética que supere a verdade de seus ritos, não há política que desminta sua carne, não há discurso ou retórica que convença mais que seu grito”.


Lê Coelho é formado em música popular pela UNICAMP, mas já estudava música no bairro no “Conservatório Musical do Imirim”.

 

Hoje, o artista não mora mais no bairro, mas pelo menos duas vezes por semana está por aqui, visitando os pais, que ainda moram no Imirim.

 

O álbum “IMIRIM” estará disponível nas plataformas digitais a partir do dia 1º de setembro e o show de lançamento acontecerá no SESC Pompéia no dia 15 de setembro.


 

O disco tem produção de Ivan Gomes e Montorfano e sai pelo selo Matraca Records (YB Music) com nove faixas autorais e inéditas e conta com as participações dos cantores Zeca Baleiro – na composição da música “Cinema” – e Lineker cantando a música “Palavra Rouca”.

 

Já tem clipe disponível na internet da música “José Menino”, uma das faixas do disco “IMIRIM”. Veja abaixo:

 

Você pode conhecer mais sobre o trabalho do nosso “conterrâneo”, Lê Coelho, acessando as redes sociais do artista, no Facebook  e no Youtube.

 

Prestigie, curta e compartilhe pra todo mundo saber que o Imirim, além de existir, dá música!!!

 

Serviço:

Lançamento do disco IMIRIM – Lê Coelho

SESC Pompeia (Rua Clélia, 93)

Dia 15 de setembro às 21h

Informações e ingressos: clique aqui.

Leia também:

Voltar