Menu


Homem que cometeu assédio sexual em ônibus no Imirim será julgado nesta quinta-feira

27 SET 2017
27 de Setembro de 2017

Na manhã dessa quarta-feira, 27/9, mais um caso de assédio sexual foi registrado no transporte público e, dessa vez, aqui no Imirim.

Por volta das 7 horas da manhã no ônibus 1745 (V.N. Cachoeirinha/Center Norte), um homem de 31 anos causou revolta e constrangimento aos passageiros, ao esfregar sua genitália numa mulher.

Uma das passageiras ao perceber o abuso, imediatamente, gritou avisando o motorista, que parou o ônibus próximo a Escola Joaquim Leme do Prado na Avenida Imirim. A polícia foi acionada e chegou em seguida efetuando a prisão do abusador em flagrante.

Durante a manhã, vários vídeos foram postados e compartilhados nas redes sociais denunciando o ocorrido e servindo de alertas para todos.

Guia Imirim também postou o momento em que o abusador foi preso. Confira!

Outro vídeo postado no Facebook mostra instantes depois do ocorrido em que o ônibus foi parado até a chegada da polícia:


O caso está sendo investigado pelo 38º DP (Vila Amália) e foi qualificado como estupro. O criminoso - identificado, segundo o UOL como Rafael Anselmo Alves Lopes - é vigilante noturno e já tinha passagem pela polícia por atentado violento ao pudor.

Quatro testemunhas depuseram na delegacia, entre eles o motorista e o cobrador do ônibus, além de alguns passageiros.

Rafael será encaminhado até amanhã para uma audiência de custódia no fórum criminal da Barra Funda. Na audiência, o flagrante será avaliado e o futuro do abusador será decidido.

Conforme a investigação, Rafael admitiu o ataque, alegando ter agido por impulso, mesmo sabendo que fazia algo errado. Ele contou que está passando por dificuldades no relacionamento e viu no ataque uma forma de válvula de escape.  

Leia também:

Voltar