Menu


Feirão Limpa Nome vai negociar dívidas até o dia 30 de novembro

10 NOV 2017
10 de Novembro de 2017

Final de ano é sempre tempo de nos planejarmos para o ano novo que está por vir. Tempo de "colocar a vida em ordem", resolver pendências e por aí vai.

 

Se você está endividado, Vizinho, temos uma boa dica para você tentar colocar as finanças em ordem.

 

É que a Serasa está fazendo um "FEIRÃO LIMPA NOME - ONLINE" que, pelo fato de ser virtual, facilita ainda mais a vida de quem quer negociar seus débitos.

 

O feirão teve início no último dia 6 e vai até dia 30 de novembro.

 

Os consumidores podem negociar suas dívidas pela internet utilizando computador, celular ou tablet e o contato é feito diretamente com a empresa credora.

 

Desse feirão online estão participando várias empresas como recuperadoras de crédito, bancos, operadoras de telefonia, entre outras. É possível pesquisar a empresa pelo segmento de atuação direto no site do feirão.


Para participar é simples!

 

Basta acessar o site https://www.serasaconsumidor.com.br/feirao/ e se cadastrar com os dados pessoais. Quem não

sabe ou tem dúvida se está com restrições pode fazer uma consulta gratuita no site da Serasa na própria página do feirão.

 

Caso haja pendência, o consumidor deve pesquisar se a empresa credora está participando da ação e iniciar o contato de negociação com ela. Lembrando que, no feirão as condições são especiais e, muitas vezes, exclusivas, por isso vale a pena entrar em contato e se informar.

 

As empresas irão oferecer descontos e mudanças nos prazos de pagamento de dívidas atrasadas. A negociação será feita online, por e-mail ou chat e até mesmo por telefone. Algumas empresas já terão ofertas preestabelecidas, disponibilizando simulação e boletos para a quitação de dívidas.

 

Tem administradora de cartões concedendo até 95% de desconto e operadora de telefonia com 60% de desconto para pagamento à vista.

 

Aproveite a oportunidade, porque esse ano a Serasa não realizará feirão presencial e a próxima edição está prevista para acontecer só em 2018.

Leia também:

Voltar